Veículos a álcool estão entre os mais poluidores

MARTA SALOMON
da Folha de S.Paulo, em Brasília

O Ministério do Meio Ambiente divulgou ontem um ranking dos automóveis mais poluentes comercializados no país. Apesar de terem um combustível considerado mais limpo, os carros a álcool ocupam oito das 15 piores posições –alguns têm motor “flex”.

“A nossa intenção é que o consumidor também leve em conta as emissões de poluentes”, disse o ministro Carlos Minc (Meio Ambiente).

Foram feitas 250 avaliações de veículos leves produzidos em 2008 -os automóveis “flex”, que representam 85% da frota comercializada no país em 2008, tiveram duas avaliações diferentes, uma para gasolina e outra para álcool.

Foram dadas notas de um (piores) a dez (melhores) para a emissão de três gases poluidores –monóxido de carbono, hidrocarbonetos e óxidos de nitrogênio– que não têm efeito sobre o aquecimento do planeta, mas afetam a saúde.

Essas notas, chamadas de verdes, não levam em conta a emissão de gás carbônico –CO2, o principal gás causador do efeito estufa.

Nesse ranking das notas verdes, o melhor desempenho foi do Focus 2.0, da Ford, movido a gasolina, com nota 9,4. O pior desempenho foi do Corsa 1.4, da Chevrolet, quando movido a gasolina. Apenas oito carros obtiveram notas superiores a nove, liderando a lista dos menos poluentes.

As notas foram baseadas em informações colhidas durante o licenciamento dos veículos. Todos os modelos avaliados observam, portanto, os limites máximos de emissão adotados no país em 2008. Em janeiro, esses limites tornaram-se mais rigorosos. Novos limites entrarão em vigor em 2014.

Gás carbônico

O ministério também atribuiu pontuação (chamadas notas vermelhas) para a emissão de CO2 (numa escala de cinco a dez). Essas notas, no entanto, não entraram no cálculo para a criação do ranking dos mais poluidores porque foram dadas apenas aos veículos a gasolina.

Isso porque o governo considera, seguindo orientação internacional, que a produção do álcool combustível a partir da cana-de-açúcar captura carbono da atmosfera, zerando a emissão de gás carbônico.

Quando combinada a posição no ranking (nota verde) com o grau de emissão de gás carbônico (nota vermelha), o pior desempenho foi do Ford Ranger XL 2.3.

No endereço eletrônico do Ibama (www.ibama.gov.br) é possível saber em detalhes quanto cada automóvel polui.

Também estão disponíveis dados sobre o consumo de combustível organizados pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial).

Anúncios