O evento acontece entre os dias 24 e 25 de abril no bairro continental Ariri

Programa para Conservação do Mico-leão-da-cara-preta na comunidade Ariri, em Cananéia/SP

Programa para conservação do Mico-leão-da-cara-preta da Ong IPÊ na comunidade Ariri, em Cananéia/SP

O IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas -, uma das maiores Ongs socioambientais do Brasil, presente em seis regiões do país com 50 projetos de conservação da biodiversidade, dentre eles, um desenvolvido em Cananéia, na comunidade Ariri, realizará um evento que reunirá diversos públicos (comunidade, pesquisadores, representantes dos órgãos e agências governamentais e organizações da sociedade civil) com o objetivo de rever, apontar estratégias e alternativas para o desenvolvimento sustentável e melhoria da qualidade de vida da comunidade local, em harmonia com a conservação dos recursos naturais.

A Econegociação, que acontecerá no centro comunitário do Ariri, Cananéia, das 09:00 às 18:00 horas, visa também ajudar a identificar possíveis parcerias para que os trabalhos socioambientais existentes tenham continuidade ou se ampliem. A equipe do IPÊ prevê a participação de cerca de 80 pessoas e conta com o apoio da Prefeitura Municipal da Estância de Cananéia. Os facilitadores do evento serão dois especialistas em mediação de conflitos em comunidades, Cecil Maya e Nelson Silveira.

O IPÊ atua na região do Lagamar há mais de 10 anos, onde realiza pesquisas aplicadas à conservação do Mico-Leão-da-Cara-Preta (Leontopithecus caissara), espécie que só existe na região de Cananéia (Ariri) e Guaraqueçaba (Parque Nacional do Superagüi) e é um dos primatas mais ameaçados de extinção do mundo. Além das pesquisas com o mico, o IPÊ busca envolver as comunidades locais e facilitar processos que estimulem a cidadania e a melhoria da qualidade de vida dos caiçaras, donos de diversidade biológica e cultural única que fazem dessa região umas das áreas mais ricas em recursos naturais do planeta.

“Propomos a realização deste fórum de discussão, acreditando que a conservação dos recursos naturais é essencial para garantir a qualidade de vida das pessoas”, conta a pesquisadora Camila Nali.

Preparativos – Os preparativos para o evento começaram desde o segundo semestre de 2008. Em Janeiro a equipe do projeto Mico-leão-da-cara-preta fez um café da tarde com a comunidade do Ariri para divulgar o trabalho que está sendo realizado pelo IPÊ na região e falar da importância da Econegociação. “Mostramos um pouco do histórico do nosso trabalho, o motivo de estudarmos o mico e porque a espécie e a região são tão importantes, além de divugarmos a Econegociação e prepará-los para a mesma, incentivando-os a pensar mais criticamente”, explica a pesquisadora Camila Nali.

Mais informações também podem ser obtidas através do site http://www.ipe.org.br ou direto com a pesquisadora Camila no telefone (xx11 )9218-6272.

Anúncios