Ylka Silveira – Gestora Ambiental

DOAÇÕES DE ÓCULOS USADOS:
            O banco de óculos da associação Lions aceita as doações de óculos usados e aproveita as armações, que são a parte mais cara dos óculos e o Instituto de Oftalmologia de Curitiba (IOC) aproveitam as armações e lentes, exceto de astigamatismos. O IOC tem parcerias com um fabricante de lentes e uma ótica, que consertam pares com pequenos defeitos antes de encaminhar a novos donos.

Locais que recebem doações:
Lions. rua Botucatu, 979, Vila Clementino, São Paulo, Capital. Tel. (11) 5575-4011.

IOC.avenida Getúlio Vargas, 1.500, Rebouças, Curitiba/PR. Tel. (41) 3222-2020.

Fonte: Dúvidas e Éticas: Folha de São Paulo/2008
Fonte: www.unitau.br

DESCARTAR PILHAS E BATERIAS DE CELULAR:
            A fabricante de celulares Nokia (www.nokia.com.br/A4524099) e a operadora Claro (http://tinyurl.com/6f87fv) recebem baterias em seus pontos de venda, assim como as assistências técnicas da Motorola (http://tinyurl.com/5wdj94). O Banco Real aceita pilhas e baterias portáteis em suas principais agências (http://tinyurl.com/58asvw). Mas as pilhas com níveis baixos de metais pesados em sua composição, como as da Rayovac e da Duracell, podem ser jogadas no lixo comum, de acordo com a legislação ambiental. 

Fonte: Dúvidas e Éticas: Folha de São Paulo/2008

Fonte: www.unitau.br

DESCARTAR CHAPAS DE RADIOGRAFIA
            O melhor destino á a reciclagem. As chapas de Raio-X contêm metais pesados e, portanto, não devem ser jogadas com lixo comum. “Se for incinerado, há o risco de o metal pesado se precipitar, mas se for para aterros, não tem risco nenhum”, diz Luis Carlos Silva (Anvisa). A chapa passa por um processo químico para liberar a prata que depois é reaproveitada na confecção de jóias e o plástico é usado para a fabricação de embalagens, afirma Márcia Morel (Limpurb).

Recolhem as chapas:
Cooperativas de coleta de SPhttp://tinyurl.com/6dqpm6

Reprata Ambiental, rua Água Santa, 127, Alto da Mooca, tel. (11) 2606-9966, São Paulo

Refina Metalquímica, rua Itaguara, 274, Jabaquara, tel. (11) 5588-0766, São Paulo

Serpuhi Hessesian, tel (11) 3858-3138 e (11) 9957-5730, São Paulo

Fonte: Dúvidas e Éticas: Folha de São Paulo/2008

Fonte: www.unitau.br

 

Anúncios