A 5ª edição do festival internacional de cinema – que acontece de 7 a 13 de novembro – terá exibições no histórico Teatro Amazonas, em diferentes espaços culturais, além de hospitais, presídios, asilos e terminais de ônibus
 
Em 2008, a programação paralela ganhou duas novas mostras: ‘Cinema Africano Malembe-Malembe’ e ‘Homenagem ao Cinema do Amazonas’
 
Nem só de competições se faz um festival de cinema. Além dos cerca de 50 filmes – entre longas de ficção, documentários e curtas-metragens – que concorrerão ao Troféu Vôo na Floresta, o 5º Amazonas Film Festival – Aventura, Natureza e Meio Ambiente traz também em sua programação diversas mostras paralelas, oferecendo cultura e diversão gratuitas aos mais variados públicos. 
 
O festival, que é realizado pelo Governo do Estado do Amazonas, por meio de sua Secretaria de Cultura, e acontece entre os dias 7 e 13 de novembro, apresentará 11 mostras não-competitivas, exibindo mais de 140 filmes, brasileiros e internacionais, dos mais diferentes estilos, formatos e países de origem. 
 
Dois novos projetos foram incorporados ao evento. A Mostra do Cinema Africano Malembe-Malembe incluirá um pouco da cultura afro-americana no festival amazonense, com produções como “Mãos de Barro”, de Licínio Azevedo, e “Zimbabwe de la Liberation au Chaos”, de Michael Raebum.  Já a Mostra em Homenagem ao Cinema do Amazonas, resgatará um belo acervo de obras de cineastas locais, como “O Porto”, de Márcio Souza e “Manaus”, de Roberto Kahane.
 
CINEMA POR TODA A CIDADE E PARA TODOS OS PÚBLICOS – O Amazonas Film Festival tem como seu grande cenário o imponente Teatro Amazonas, onde serão realizadas algumas das competições e exibições da mostra paralela, mas o evento não se restringe a ele. O festival espalhará a sétima arte por Manaus e pelo interior do estado amazonense, atingindo os mais diversos públicos.
 
A grande praça onde se localiza o Teatro Amazonas (Centro Cultural Largo São Sebastião) se transformará em um gigante cinema ao ar livre. Lá, a população poderá assistir a produções nacionais de sucesso, como “Irma Vap – O Retorno”, de Carla Camurati, convidada de honra do festival, e “Casa da Mãe Joana”, de Hugo Carvana, além de títulos internacionais, como o inédito “Sunny, The Elephant”, de Frederic Lepage, e o francês “Crimes de Autor”, dirigido por Claude Lelouch, também convidado de honra dessa edição.
 
Cerca de 30 curtas-metragens – com duração de aproximadamente um minuto – produzidos por estudantes de cinema do Amazonas foram selecionados para a Mostra Cinema na Parada. Os filmes serão veiculados em quatro terminais de ônibus da cidade, onde 350 mil pessoas circulam em média por dia. Entre uma condução e outra, os usuários do transporte publico poderão ver curtas como “Batalha”, de Alexandre Cardoso, “Curumim”, de Raquel Garcia, e “Dançando no Sol”, de Dirce Quintino.
 
Outro destaque da programação paralela é a Mostra Social Cinema Por Aí, que acontece em locais raramente lembrados em eventos desse porte, tais como hospitais, penitenciárias, asilos e abrigos. Entre os títulos que serão exibidos, estão “Waldick, Sempre no meu Coração”, de Patrícia Pillar, “O Banheiro do Papa”, de Cesar Charlone e Enrique Fernández, e o documentário “A Incrível História de Coti: Rambo do São Jorge”, de Anderson Mendes, que foi premiado no 4º Amazonas Film Festival.
 
As crianças também poderão curtir o festival. A mostra de cinema infantil ‘Dos Curumins’ apresentará em três espaços culturais da cidade filmes de diferentes formatos e estilos, como “Valiant – Um Herói que Vale a Pena”, de Gary Chapman, “Arthur e os Minimoys”, de Luc Besson, e “Cozinheiro Maluco”, de Ariane Porto.
 
5º Amazonas Film Festival – Aventura, Natureza e Meio Ambiente
Data: 7 a 13 de novembro de 2008, em Manaus
Informações: www.amazonasfilmfestival.com.br
Realização: Governo do Amazonas / Secretaria de Cultura
Produção Internacional: Le Public Système Cinema
Produção Executiva Nacional: PG Music Produções Culturais
Patrocínio: Coca-Cola – Apoio: Banco Daycoval, Linkdigital, FujiFilm, TV5, CTAv e Fórum dos Festivais

Anúncios