Idéias e projetos de estudantes são foco de concurso internacional da Bayer e PNUMA-ONU

Por Rogério Ruschel (*)

Um estudo do impacto do desmatamento no ciclo hidrológico na construção da rodovia Cuiabá-Santarém; conservação, restauração e uso sustentável das abelhas sem ferrão no Triângulo Mineiro; a criação da primeira RPPN – Reserva Particular de Patrimônio Natural urbana do Brasil emn Curitiba; um estudo hidrológico comparativo entre espécies nativas e pinus plantado com objetivos comerciais na região serrana de Santa Catarina; um projeto de mobilização comunitária em prol do meio ambiente; o estudo do reaproveitamento de resíduos de estações de tratamento de água em blocos cerâmicos de São Paulo; uma proposta de reutilização da borracha de pneu como matéria-prima na produção de filtros de carvão ativado; a coleta de medicamentos para evitar a contaminação do solo; a coleta seletiva de óleo de cozinha usado; a concepção de mobiliário escolar com maderia-plástica em Brasilia; a reciclagem de resíduos de construção e demolição para uso na pavimentação asfáltica.

Estes foram os projetos brasileiros premiados nos últimos quatro anos pelo Programa Jovens Embaixadores Ambientais (Bayer Young Environmental Envoy – BYEE, em inglês), uma parceria mundial entre a Bayer e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) – o mais importante programa de protagonismo juvenil ambiental de perfil internacional do Brasil.

Visibilidade internacional

Patrocinado mundialmente pela Bayer desde 1998, o programa já premiou mais de 200 jovens de 16 países da Ásia, América Latina, África e Europa. A parceria com a ONU foi estabelecida em 2003, e o Programa teve sua primeira edição no Brasil em 2004. A cada ano, quatro estudantes brasileiros, autores de projetos ou estudos que redundem em benefícios ambientais ou de desenvolvimento sustentável são selecionados para representar o Brasil em um encontro internacional de jovens embaixadores ambientais, na Alemanha. A edição 2008, que estará com inscrições abertas até o dia 20 de agosto pelo site www.byee.com.br conta com apoio do Ministério do Meio Ambiente do Brasil, da Agência USP de Inovação da Universidade de São Paulo e da UniversiaNet, uma rede que envolve 250 universidades no Brasil.

Podem participar do Programa estudantes entre 18 e 25 anos, autores de estudos (como TCCs) ou projetos de caráter ambiental e interesse social que representem uma efetiva contribuição na busca do desenvolvimento sustentável, realizados em qualquer ponto do território nacional, que estejam regularmente matriculados em curso de segundo grau ou universitário reconhecido pelo MEC e que tenham fluência na língua inglesa. Os estudos e projetos serão avaliados por uma Comissão Julgadora de alto nível, que contará com a compilação e tabulação dos dados da auditoria independente PricewaterhouseCoopers.

Cristina Montenegro, coordenadora do PNUMA no Brasil, destaca a importância de se apoiar o protagonismo juvenil: “Precisamos identificar e prestigiar os jovens que se dedicam a estudos ou projetos de sustentabilidade socioambiental, porque temos necessidade urgente de construir um futuro melhor. Ao lado de outros projetos que fazemos aqui no Brasil, como o GEO Juvenil, o Programa Bayer Jovens Embaixadores Ambientais tem um papel importantíssimo na construção de lideranças que ajudem a alcançar os objetivos do milênio”.

“Apoiar atividades da juventude em prol do meio ambiente é essencial para a Empresa, pois projeta abertamente nosso lema ­ Ciência para uma Vida Melhor. Buscamos o desenvolvimento sustentável e responsável, olhando sempre o futuro. Jovens e meio ambiente são imperativos para isso”, destaca Eckart-Michael Pohl, gerente de Comunicação Corporativa da Bayer e coordenador do Programa no Brasil.

A Edição 2008 do Programa Jovens Embaixadores Ambientais está com as inscrições abertas até o dia 20 de agosto de 2008 pelo site www.byee.com.br. Os estudantes selecionados viajarão à Alemanha na primeira quinzena de novembro, onde apresentarão seus projetos e participarão de visitas técnicas e turísticas.

____

(*) Rogério Ruschel é jornalista e coordenador executivo do Programa Jovens Embaixadores Ambientais

Anúncios