mudança climática. foto do site www.advilaparanagua.com.br

Para que seja possível frear o aquecimento global, todos devem contribuir reduzindo suas emissões de GEEs, além de compensar e neutralizar o que não pode ser reduzido. Apagar as luzes da sala e a tela do computador quando não estiverem em uso, praticar a carona solidária e economizar, reutilizar e reciclar produtos são exemplos de ações simples que já contribuem bastante na redução das emissões. Foi pensando justamente nisso que a Fundação Boticário produziu um pequeno vídeo sobre as mudanças climáticas e divulgou ontem, 5, no dia mundial do meio ambiente. Com cerca de seis minutos, o filme explica o que é o aquecimento global, quais são as suas conseqüências e como todos podem contribuir para minimizar os seus efeitos.

Clique no link ao lado e assista: vídeo sobre Mudanças Climáticas, produzido pela Fundação O Boticário de Proteção à Natureza.

Segue algumas dicas de como vc pode contribuir para tornar o planeta em que vivemos um local habitável para as presentes e futuras gerações.

Na sua empresa – utilizar matéria-prima reciclada; buscar a eficiência energética (fontes de energia alternativas ou renováveis, alternativas tecnológicas de processos menos poluentes); incorporar ao negócio a importância da Responsabilidade Social Empresarial e da realização de ações frente às Mudanças Climáticas; considerar no planejamento estratégico os indicadores do Índice de Susten-tabilidade Ambiental (ISE), utilizados no processo de diagnóstico sócio-ambiental (por exemplo: Indicadores Ethos de Responsabilidade Social e o Global Reporting Iniciative – GRI); influenciar o poder público na elaboração de políticas públicas para viabilizar as ações referentes ao assunto das mudanças climáticas.

No seu ambiente de trabalho – opte por reuniões virtuais (vídeos-conferência), evitando deslocamentos desnecessários; reduza o consumo de energia: apague as luzes da sala e a tela do computador quando não estiverem em uso, feche as portas e janelas quando o ar condicionado estiver ligado, utilize dispositivos automáticos para a luz em locais onde não há necessidade de lâmpadas acesas o dia todo; pratique a carona solidária: sugira vagas prioritárias no estacionamento para aqueles que oferecerem carona solidária; economize e reutilize produtos que têm em sua composição matérias-primas naturais, evitando uma nova extração: use as folhas de papel dos dois lados e não imprima um documento caso não seja realmente necessário, compre cartuchos de impressoras recarregados ao invés de novos;

Na sua casa – busque fontes alternativas de energia para seu consumo diário: instale placas solares para o aquecimento da água, aproveite melhor a luz do sol para iluminar os ambientes e secar roupas; reduza o consumo de energia: opte por lâmpadas que consomem menos energia; prefira ventiladores a aparelhos de ar-condicionado; escolha eletrodomésticos de baixo consumo energético, com selo Procel ou Energy Star; desligue as luzes; retire os aparelhos da tomada quando não estiverem sendo utilizados; economize e reutilize produtos que têm em sua composição matérias-primas naturais, evitando uma nova extração: não jogue fora sua mobília, dê para alguém ou reutilize-a; use as folhas de papel dos dois lados e não imprima um documento caso não seja realmente necessário; compre cartuchos de impressoras recarregados ao invés de novos; conserte e aprimore seu computador ao invés de comprar um novo.

Durante as compras – consuma apenas produtos de origem certificada: a madeira de produtos como móveis, infra-estrutura de construções e utensílios domésticos deve ser originária de plantios. Confira também se os produtos alimentícios são originários de fazendas que não que contribuem com o desmatamento; consuma alimentos produzidos em sua região: eles não precisam ser trans-portados de longa distância e, por isso, a emissão de gases responsáveis pelo aquecimento global é menor; seja um consumidor responsável: durante as compras, evite produtos com excesso de embalagens, compre somente o necessário, prefira produtos de empresas socialmente responsáveis e utilize sua própria sacola;

No transporte – reduza as emissões decorrentes de seu transporte: abasteça seu carro com álcool ao invés de gasolina, dê carona, caminhe mais ou ande de bicicleta, utilize transporte coletivo.

No contato com as pessoas – faça sua voz ser ouvida escrevendo cartas para editores, imprensa e políticos e divulgue para seus parentes e amigos estas dicas, para que ajudem também a cuidar do Planeta!

Bárbara de Aquino

fonte: Fundação O Boticário de Preservação à Natureza

Anúncios