Chegou a sua vez de opinar sobre como conservar a biodiversidade do Brasil

 O Brasil está elaborando sua estratégia brasileira de conservação da biodiversidade para 2020 e sua contribuição é fundamental. Após ter aprovado em 2010, no Japão, o novo Plano Estratégico de conservação da biodiversidade da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) para 2020, o país começou a fazer sua “lição de casa”.

Durante todo o ano de 2011, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) do Brasil – em parceria com o WWF-Brasil, a União Internacional para Conservação da Natureza (UICN) e o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) – realizou um série de encontros com diferentes setores da sociedade e colheu suas contribuições para iniciar a elaboração da estratégia para a conservação da biodiversidade do país.

O documento consolidado com todas as colaborações está disponível para consulta pública até 31 de janeiro e pode ser encontrado no link: http://www.mma.gov.br/sitio/index.php?ido=conteudo.monta&idEstrutura=147&idConteudo=11570

Diferentes níveis de governo, povos indígenas e comunidades tradicionais, a academia, organizações da sociedade civil e representantes do setor privado já opinaram. Não deixe de contribuir e divulgar para seus contatos. 

Saiba mais sobre o processo de elaboração da estratégia brasileira de conservação da biodiversidade para 2020 na página da iniciativa Diálogos sobre Biodiversidade, no site do WWF-Brasil: www.wwf.org.br/dialogosbiodiversidade 

* A elaboração da estratégia brasileira contou com o apoio do Ministério do Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais do Reino Unido (Defra) e do Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade (Probio II).

 

Alexandre T. Amaral Nascimento

Biólogo, MSc. Ecologia Aplicada

Doutorando em Ecologia, Conservação e Manejo da Vida Silvestre

IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas; www.ipe.org.br

Coordenador de Projetos – Pesquisador

“Programa para Conservação do Mico-Leão-da-Cara-Preta (Leontopithecus caissara)”

About these ads